Seg – Sex

8:00h– 18:00h

+55 (11) 4969-9847

contato@connectlatam.com

Exportação de produtos

Os principais cuidados na hora de fazer a exportação dos produtos

Assim como existe a necessidade de realizar a documentação da carga, também é essencial garantir que os produtos a serem exportados cheguem ao cliente sem nenhum tipo de avaria. Para isso, separamos algumas dicas com os principais cuidados que devem ser tomados antes de fazer a exportação dos seus produtos.

Exportação de produtos empilhados

Para que o produto chegue de forma íntegra ao destino é fundamental saber como deve ser feita a acomodação dele. Cada produto permite um nível de empilhamento. Alguns em alturas maiores, outros em menores, e ainda, aqueles que nem permitem que sejam empilhados. São detalhes que exigem uma atenção maior do transportador, pois um transporte inadequado pode comprometer toda carga.

O processo de exportação dos produtos exige que sejam feitas diversas adequações de documentos e a sujeição às regras de qualidade imposta pelo país ao qual a carga será transportada. Por isso, não cuidar da forma correta do processo logístico pode gerar grandes prejuízos ao seu negócio, aumentando os custos operacionais que teve até ali, além da perda de tempo.

Os cuidados com as embalagens de produtos  para exportação

Recorrer a embalagens de boa qualidade pode ajudar os produtos a não serem danificados durante o transporte. Existem no mercado várias categorias de embalagens, não só na questão quantitativa, mas também na qualitativa.

Para fazer a escolha correta do tipo de embalagem que deve ser usada deve ser analisado diversos fatores, como, por exemplo:

Resistência: durante o processo de transporte podem ocorrer diversas situações adversas. Mesmo com os cuidados tidos por aquele que vai transportar, pequenos vazamentos nos ambientes, impactos, podem ocorrer. Com isso, optar por embalagens que resistam a esses cenários ajudaram na conservação dos produtos.

Proteção: alguns produtos por terem um tamanho pequeno são mais sujeitos a serem furtados durante o transporte. Para inibir ações dessa natureza escolher embalagens que tenha algum processo antifurto é indispensável.

Fácil manuseio: caso os produtos ofereçam condições de serem transportados sem a necessidade de equipamentos, é considerável que faça o uso de embalagens que contribuem ao manuseio humano.

Volume adequado para exportação: para seja feito o melhor aproveitamento da cubagem oferecida à carga, a embalagem possui grande influência. É certo que o produto precisa de uma boa acomodação. Contudo, os cuidados com os volumes desnecessários gerados pelas embalagens se mostram como aliados de quem quer otimizar os espaços. A ocupação desnecessária do espaço acarretará prejuízos, pois além de aumentar as despesas com esses produtos, também pode aumentar a quantidade de veículos para a realização da exportação da carga.

Textura: o avanço tecnológico também chegou aos procedimentos logísticos e atualmente muitas empresas adotaram o uso de etiquetas para facilitar na identificação dos produtos e cargas. No caso de embalagens que possuem texturas desfavoráveis a esse processo, os produtos podem perder suas identificações e serem perdidos durante o transporte.

Produtos alimentícios x produtos químicos

Durante o processo de acomodação dos produtos, sejam em paletes, bags ou gaiolas deve ser observado os tipos de materiais que serão exportados e caso haja produtos alimentícios envolvidos, eles devem ser acomodados separadamente. Alimentos e substâncias químicas jamais podem ser transportados juntos, pois existe o risco de que os alimentos sejam contaminados. Essa regra se aplica para alimentos para animais também.

Produtos alimentícios para exportação: além dos cuidados em não misturar produtos alimentícios com químicos, respeitar o manuseio de alguns produtos também é importante. Alguns produtos podem perder seu valor de mercado caso sua embalagem seja danificada.

Produtos químicos exportação: o transporte de alguns produtos químicos exigem alguns cuidados. Entre eles, o uso de luvas e máscaras. O contato com produtos tóxicos pode causar graves lesões e até a morte.

Cargas refrigeradas para exportação

O transporte de produtos perecíveis exige que o meio de transporte ofereça a temperatura adequada aos produtos que serão transportados. O não cumprimento desse processo provocará a perda total da carga.

Ao embarcar os objetos deve ser sempre observado as configurações de temperatura do local onde a carga será colocada. Existem produtos que pertencem à categoria de resfriados e outros a de congelados.

Carga resfriada: em média, produtos resfriados trabalham na temperatura de -1ºC a 8ºC. No caso de alimentos refrigerados, eles são divididos em 3 categorias: entre –1ºC e 2ºC(os pescados e carnes); entre 0ºC e 5ºC(produtos lácteos, legumes, verduras, massa para pastéis, fiambre, mortadela): já entre 0ºC e 8ºC(são os alimentos pré-cozidos, manteiga, queijos, alguns tipos de carnes).

Carga congelada:  para mercadorias que precisam de um maior poder de conservação as temperaturas que ficam próximas aos –18ºC é a mais indicada, claro, a depender da necessidade envolvida, pois há os da categoria dos ultracongelados. O processo de congelamento permite que a velocidade de reações químicas seja diminuída e assim, o aroma, o sabor, a textura e a cor dos alimentos e o valor nutritivo sejam conservados principalmente em processos de exportação.

Outros detalhes também precisam ser avaliados como a temperatura de embarque e a temperatura ambiente.

Temperatura de embarque: antes que os produtos saiam da área de armazenamento e seja levado até o veículo, é importante que este seja preparado para receber a carga, pois existe o período de alcance de temperatura ideal para cada produto e se o veículo não estiver com a temperatura adequada no momento em que a carga for colocada os produtos poderão perder qualidade.

Temperatura ambiente: durante a exportação dos produtos o veículo pode sofrer influências de temperatura. Ou seja, o clima pode interferir na temperatura da carga. Para que esse impacto seja absorvido de forma adequada, o local deve oferecer a resistência necessária para garantir que as mercadorias não sofram alterações durante o percurso.

Na rotina de quem trabalha com exportação, contar com uma parceria eficiente, e com profissionais capacitados, facilita e muito os processos. A Connect Cargo Latam trabalha com soluções de envio de cargas em pequeno volume ou carga dedicada segura e econômica. Quanto o tempo é crucial para a sua carga, nós oferecemos serviços confiáveis de frete aéreo de alta prioridade.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima