Seg – Sex

8:00h– 18:00h

+55 (11) 4969-9847

contato@connectlatam.com

Como o despachante aduaneiro pode ajudar o seu negócio

O entendimento do que faz esse profissional é essencial para importadores e exportadores que dependem do despacho para realizar suas operações de comércio exterior.

 

Responsabilidades

O despachante aduaneiro é o responsável por efetuar o desembaraço aduaneiro (ou despacho aduaneiro), isto é, o procedimento que libera a mercadoria na alfândega (local que os fiscais utilizam para controle e fiscalização).

Vale ressaltar que nem toda empresa possui um próprio despachante, e por isso, contrata-se tal profissional para representá-la na importação ou exportação.

 

São atividades do despachante aduaneiro:

  1. A elaboração dos documentos necessários para a liberação da carga (termo de responsabilidade, declaração de importação ou exportação, licença de importação, entre outros);
  2. A identificação do regime aduaneiro;
  3. O recolhimento correto da tributação;
  4. Ser notificado caso haja infrações e intimações;
  5. O acompanhamento na conferência aduaneira feita pelos fiscais;
  6. Contato com outros stakeholders no processo aduaneiro (agentes de carga, bancos, transportadoras, terminais de carga e fiscais).

 

Importância

Além disso, vale destacar que o profissional não deve usar somente seu conhecimento técnico para emitir a documentação necessária. Nos últimos anos, cada vez mais os despachantes aduaneiros estão entendendo a realidade das empresas e conhecendo seus processos, para traçar estratégias que reduzam custos e tempo.

Nesse viés, destaca-se a importância do profissional para aconselhar a melhor forma de armazenar a mercadoria, quais as embalagens necessárias, quando realizar o registro para nacionalizar ou exportar a carga, e outros procedimentos que excedem o campo do comércio exterior, englobando a parte fiscal, tributária, logística e financeira.

Fonte: pixabay.com

 

Dicas para contratar um despachante aduaneiro

Devido às inúmeras responsabilidades e complexidade nas importações e exportações, as empresas devem estar atentas para a contratação de um despachante aduaneiro que não atrase o processo e diminua os riscos de penalizações. Acompanhe abaixo o que levar em consideração para a escolha de um bom despachante:

  1. Estar regularizado com o Siscomex: como já vimos, é obrigatório que o profissional possua autorização e registro no sistema de controle da Receita Federal para poder realizar o desembaraço aduaneiro;
  2. Prova social: conhecer empresas e mercadorias que o agente já trabalhou ou trabalha aumenta a segurança e confiança no processo;
  3. Uso de softwares: a tecnologia é essencial nos processos de comércio exterior. Despachantes que utilizam sistemas operacionais possuem processos mais otimizados;
  4. Capacitação: como qualquer outra profissão, profissionais com inúmeros certificados possuem maior conhecimento técnico e autoridade no assunto.
  5. Entender a necessidade do cliente (a dica mais valiosa): não basta realizar apenas o operacional engessado, é preciso conhecer a realidade do cliente e o que ele almeja a curto e longo prazo, para estabelecer a melhoria contínua nos processos.

 

Como você pode ver, a principal função do despachante aduaneiro é efetuar o desembaraço. Por conta disso, exige-se muito conhecimento sobre o assunto pela complexidade dos regimes e riscos caso não haja veracidade em alguma informação. Por outro lado, o mercado exige um profissional que entenda os objetivos da empresa para otimizar os processos. A Connect Cargo Latam trabalha com soluções de envio de cargas em pequeno volume ou carga dedicada segura e econômica. Quando o tempo é crucial para a sua carga, nós oferecemos serviços confiáveis ​​de frete aéreo de alta prioridade. Nossos parceiros de consultoria aduaneira, desenvolverá um fluxo seguro de acordo com a necessidade da sua cadeia de suprimentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima